Friday, August 22, 2014

Cecconello chega arrasando

Quem não curte sapatos? Independe de idade, cor, tamanho, sapato sempre dá uma alegria na hora de escolher, experimentar e comprar. Vá lá, que idade impede ousadias e loucuras, como saltos absurdos e tiras muito fininhas. Mas que é bom curtir uma coleção, ninguém nega. Pois ganhamos mais um motivo para admirar os pés: a Cecconello decidiu investir em aparecer mais. A marca de Gramado já tem 30 anos de existência, desde que abriu uma produção de cinco pares / dia até agora, com 300 colaboradores e produção de dois mil pares / dia. Desta produção, de 30 a 40% são exportados para os cinco continentes e o resto fica nas multimarcas nacionais. Daí, que o nome é pouco conhecido nacionalmente. Ou era, porque agora há uma vontade de aparecer no cenário dos acessórios brasileiros. Com grande chance de se destacar, por muitos motivos. O principal, claro, é a beleza e variedade dos modelos - são 300 em cada estação, no mínmo. O segundo, que considero importantíssimo, é o fato de nada ser feito de couro. Sim, nenhuma vaquinha, cabrinha ou ovelhinha cedeu sua pele na montagem dos belos cabedais rendados, com estampa de cobra ou partes metalizadas. É tudo feito no laminado ou melhor, em PU, o poliuretano que tem possibilidades infinitas de textura e aparências. Pronto, só isso já me conquistou. Faltava o fator humano, alguém que falasse sobre a marca. Veio o Anderson Furlanetto, herdeiro, sócio e designer competente da Cecconello. Simples, tranquilo, mostrou as principais tendências do verão, deu seu recado e prometeu voltar com frequência ao Rio para lançar as novidades. Nesta estreia, reuniu imprensa e formadores de opinião na Rubaiyat, recém-inaugurada no Jockey, no Rio. Foi um sucesso, como evento - não só pela curiosidade do povo de conhecer o lugar, como pela surpresa de encontrar um trabalho de moda muito bom. Tudo orquestrado pela Adriana Franca, a assessora que mereceu aplausos pela eficiência à frente da Contacto. A Cecconello chega com força de produto capaz de enfrentar a concorrência com estrelas como Schutz, um case de sucesso impressionante entre as cariocas. Linhas principais da Cecconello No verão, estas são as linhas do estilo: Acqua - com transparências em vinil. Um detalhe, a marca de Gramado só faz sapatos, não entra no setor bolsas Exotics - o destaque das vendas atuais, com cobras e arraias nos materiais Dolce Vita - a fofura dos tons pastéis e nudes, contrastando com detalhes dourados Golden Stripes - tubinhos de metal dourado formam as listras que sobem pelos tornozelos nas sandálias puro glamour Graphics - saltos e plataformas trabalhadas Tropicale - aplicações de flores em tiras metalizadas prata ou ouro Metallic - aí está a identidade da Cecconello, a linha mais glamorosa Greco - versão 2015 das gladiadoras Glam - o luxo das pedrarias contrastando com palhas E mais: o Rubaiyat (ou a Rubaiyat?) é bem bonito, grande. Recomendo a varanda virada para as pistas do Jockey Clube, em dia bonito. Se chover, fiquem no salão, que tem janelões para a paisagem. Boas carnes, a equipe tem paciência de atender aos pedidos de passar muito bem. No lançamento foram servidas tiritas de picanha / mas quem me conhece sabe que sou doceira. Amei a sobremesa, os quindins, o folheado, o doce de leite. Dizem que o pudim de leite e os chocolates também estavam uma loucura / pelo jeito, o destaque do verão será o tornozelo / tassle, borla, pingente e agora barbicacho, o nome que a Cecconello dá aos penduricos franjados. Falei que são gaúchos? / graças ao uso do PU em lugar do couro, material que está em falta no mercado, os preços da Cecconello ficam entre R$ 200 e R$ 300 no varejo / quem já está se coçando para ter um par da linha Greco pode comprar online, vejam como pelo Facebook da marca / os modelos têm nomes. Então, os sucessos da estação prometem ser Cleópatra, Nefertiti, Athena, Anubis e Horus. Puro Egito!

Tuesday, August 19, 2014

Perfumes da Puig

Eventos pequenos podem ser muito elegantes. Principalmente dependendo do local e do produto lançado. A empresa Puig (pronúncia "puti", como o estilista italiano Pucci. Mas a Puig é catalã) montou displays de seus perfumes novos no salão Azul do Copacabana Palace e convidou imprensa local e de estados para conhecer as novidades. Estes ainda tiveram o privilégio de se hospedarem no próprio Copa. Para quem não sabe, a Puig é poderosa no setor de beleza e perfumes. Simplesmente, um grupo dono dos perfumes da Carolina Herrera, Paco Rabanne, Jean-Paul Gaultier; tem a licença de produção dos perfumes Valentino e Prada, faz a distribuição do Azzaro, Swarovski, Thierry Mugler e...Chanel! Estes nomes formam a linha Prestígio. No evento foi lançada a linha Beauty, composta por marcas ligadas a celebridades e estilo de vida. Roberto Araújo apresentou os novos, enfatizando que o objetivo da Puig é atender a todos os públicos. Uma boa intenção, devidamente coerente com o preço médio dos perfumes, em torno dos R$ 99 até R$ 129,90. Estes são os lançamentos: Linha United Dreams, da Benetton - três perfumes, o Love Yourself, em tons e perfume de rosa, "com notas de amor próprio", segundo o Roberto; o Live free, à base de chá verde e maçã verde e o Stay Positive, mais cítrico. Os frascos imitam os antigos, de laboratório. Agatha Ruiz de la Prada é a designer espanhola mestra em cores alegres e coleções engraçadas, cheias de corações e flores estilizadas. Também tem três fragrâncias na linha Love Glam, estas gracinhas, em embalagens fofas Antonio Banderas assina uma linha sensual e misteriosa, masculina e feminina, com chaves e fechaduras nas embalagens. São Golden Secret, Her Secret e já se sabe que vem um megalançamento em 2015, algo como Cocktail Seduction, bem Banderas. Até a Pacha, boate mais famosa de Ibiza, lugar de night mais famoso do mundo, tem linha de perfumes. São três masculinos, com frasco em forma de cantil e nomes como Night Instinct, Hot Energy e Ibiza Privé e três femininos, em estojo imitando porta-joias e frascos como pedras preciosas, com as cerejinhas gravadas. Em tempo, as cerejas, que sempre pensei que eram inventadas como fashion pelo Marc Jacobs, são símbolos da Pacha Ibiza. Juliana Paes também tem seu perfume, o terceiro com seu nome na Puig. Juliana é a única celebridade que eles apostam para um único (e enorme) mercado consumidor, que é o Brasil. O novo se chama Glam, os anteriores eram Essence e Exotic e foram muito bem de vendas, obrigada. Roberto elogiou a atriz, dizendo que, como todos os outros famosos, ela participa da criação e das campanhas e ações de marketing. Bom, nunca tinha assinado um documento garantindo que não comentaria nada sobre um lançamento. Só se pode falar, citar, a partir de 15 de setembro. Em todo caso, como o display estava lá montadinho, e assistimos a um clipe da celebridade, adianto que se trata de uma loura, latina, rebolante, ligada a um atleta de um esporte muito popular.