Wednesday, April 28, 2010

Corrida contra o atraso

Atraso, quando o evento é contínuo, um desfile atrás do outro, não faz diferença. Já que estamos por aqui, com lugar sentado, vamos em frente.
Acaba de se comprovar que há diferenças fortes entre as marcas que desfilam solo. A Reserva Natural, por exemplo. A coleção pode ser tudo de bom para ser vestida na vida real. Vestidos tipo chemise, listradinhos, longos em tom rosa, bermudas com coletes elaborados, sandálias de salto médio, coloridinhas. Só que isto não sustenta um desfile dentro de um conjunto que se pretenda conceitual. Nem o ventilador a toda, lá na frente, animou o desfile.
Em seguida, veio a Frutos do Mar. Pelo menos, começou com uma graça, o cenário de fardos de palha, feno, seja lá o que for, bem country, com uma rapaziada musculosa sentada. Só como fundo de cena, já que a Frutos é feminina. Marcelle Bittar abriu o elenco, que vestiu calças largas, bermudas e bustiês, vestidos de cintura baixa e estampa de cerejinhas. Maiôs de ombro-só, brancos, enfim, um conjunto variado, que precisaria de alguma coerência. Mas teve sua graça. E uma mochila de palha e crochê lindona.

E aí, vem a Cavalera. Quando já estava achando que tinha que ser assim mesmo, meio sem pé nem cabeça, meio variado, a Cavalera lembra que um desfile deve ter uma história, uma coerência. Aquela que a gente nota, nem que seja na hora em que as modelos voltam, todas juntas, no final.
O que foi a coleção: camisetas, bermudas, calças jeans. Só que em estampas de florais em fundo preto, com técnica de dobras, que provoca falhas no desenho. Bonito e moderno, tanto na linha masculina como na feminina. Outra estampa, lembra obras de Escher, modernizada pelos bonequinhos avatares em escadarias em preto e branco. Uma camiseta e a polo, super-simples, têm o encanto de listras finas em verde-claro, rosa, azul e laranja em fundo navy.
No jeans, continua o lavado claro, com spots quase brancos. Feminino, skinny; masculino, vale até o ganchão baixo. Aliás, baixas são também as cinturas de muitos vestidinhos neste primeiro dia de Minas Trend Preview

1 comment:

Fanzine Episódio Cultural said...

FANZINE EPISÓDIO CULTURAL


O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral sem fins lucrativos distribuído gratuitamente em várias instituições culturais. De acordo com o editor e poeta mineiro Carlos Roberto de Souza (Agamenon Troyan), “o objetivo é oferecer um espaço gratuito para que escritores, poetas, atores, dramaturgos, artistas plásticos, músicos, jornalistas... possam divulgar a sua arte”.

Sobre o editor:

1964: Nasce em Machado-MG
1966: Muda-se para São Paulo/SP, onde surge sua paixão pelo Cinema.
1995: Retorna para Machado, passando a pesquisar a trajetória do Cinema local.
2005: Edita a Revista do Cinema Machadense (1911-2005)
2006: Compõe três letras gravadas pela banda finlandesa “Força Macabra”
2008: Lança o livro “O Anjo e a Tempestade” sob o pseudônimo Agamenon Troyan.
2008: Edita o Fanzine Episódio Cultural
2009: Edita o Jornal Ciclone
2010: Novo membro da Academia Machadense de Letras

Contatos:

E-mail: machadocultural@gmail.com
MSN: machadocultural@hotmail.com
Twitter: www.twitter.com/episodiocultura
Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile
Myspace: www.myspace.com/tarokid2003
Blog: http://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com
Youtube: http://www.youtube.com/user/Tarokid2003
Skype: tarokid18
Orkut: Carlos Roberto (Episódio Cultural)

Vídeos

Revista do Cinema Machadense; pela TV Alterosa (SBT)
http://www.youtube.com/watch?v=msoR2iUr-8M

Livro “O Anjo e a Tempestade” e Fanzine Episódio Cultural
http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ

O FANZINE EPISÓDIO CULTURAL ENTREVISTOU NO DIA 24 DE ABRIL DE 2010, GISELE FERREIRA, DIRETORA DA GSC EVENTOS, QUE, JUNTAMENTE COM SUA EQUIPE, ORGANIZOU A V FEIRA NACIONAL DO LIVRO DE POÇOS DE CALDAS-MG.:

http://www.youtube.com/watch?v=jIQ_LE6qCfU