Wednesday, September 30, 2009





Moon Young Hee /dobras e pregas

Tudo curto, complicado à primeira vista, quase sempre em preto e branco. O desfile desta coreana passa a primeira impressão de puro conceito, pouco usável. Acho que depois de acostumar com os volumes repolhudos e o acúmulo de tecidos, dá para imaginar o uso com bases estreitas. Dificilmente, na vida real, alguém sairia de pernas nuas e sapatilhas de dança. É um estudo de modelagens, moulages, dobras e pregueados, misturando listrados e lisos.

A anotar: a variedade de alças torcidas, as lapelas assimétricas e as mangas circulares.



Ficha técnica/ cabelos: Bruno Silvane e Jed Root / makeup: Deedee Dorze, da Calliste / elenco: Dorishka Langhofer

Meias Wolford e sapatilhas Repetto



Gustavo Lins / quimono declinado



A base é um retângulo, como na vestimenta japonesa. A partir daí, Gustavo torce, retorce, torna reversível ou retornável os vestidos e blusas de malha bambu. Um belo trabalho de modelagem, de uma simplicidade elaborada com toque de mestre. Jeans prateado, tecido de papel japones, sapatos com saltos de porcelana alemã. Em 20 anos de moda em Paris, fica a impressão que aos poucos o único brasileiro credenciado para a alta-costura atualmente, vai avançando, construindo um bom nome profissional.

Ele não desfila na semana de prêt-à-porter, só na alta-costura. Recebe imprensa no show-room na rue Vieille du Temple, no Marais.


Ficha técnica: Gustavo trabalha com equipe de sete pessoas, que transitam do técnico ao artístico como ele.



A modelo das fotos foi a Paloma Dreher, gaúcha de Porto Alegre, 22 anos, desde os 16 morando em Londres. Vai duas vezes por ano ao Brasil, para ver a família. Mas se diverte com os muitos amigos que fez pelo mundo.
Fotos Ines Rozario