Sunday, July 26, 2009

A vez da Colombia


Modelo de Trista, marca mexicana que trocou a passarela de Madri por Medellin


Depois de Hong Kong, é a vez da Colombia mostrar o seu valor...de moda. Estes eventos funcionam como um aquecimento para o circuito lançador que inclui Nova York, Milão, Londres e Paris. E também para revelar gente nova, capaz de assumir postos de criação nos grandes centros de marcas.
A Colombiamoda 2009, produzida pela InexModa, combina salão de moda, decoração (home collection) e semana de desfiles, e se realiza nesta semana até dia 30, em Medellín, a uma hora de vôo de Bogotá.

A importância do evento é grande, por duas razões básicas:
Primeiro, porque compete com as semanas brasileiras do Rio e São Paulo, pelo posto de maior evento de moda da América Latina. Para ganhar, a Colombiamoda tem que comprovar que aposta em moda conceitual e tendências, não apenas no sucesso comercial ou no volume de expositores – cerca de 450 nesta edição. A diferença é mínima, mas existe. Apesar de mesmo Paris, cidade considerada a número 1 em conceito de moda, andar combinando nos mesmos espaços (no subsolo do Museu do Louvre), a feira Tranoï e os desfiles.
Segundo, porque Colombiamoda compete também, cada vez mais perto, com a SIMM, de Madri. Pela segunda vez o grupo LAF (Latin America Fashion), um dos pontos fortes da feira espanhola, desfila em Medellin. A turminha de vanguarda se bandeou para a Colombia.


O argentino Pablo Ramirez também vai desfilar no Colombiamoda

Quem desfila
Neste LAF serão vistas as coleções de: Pablo Ramirez, mestre de estilo elegante e inovador (Argentina), Julia e Renata (México); Trista, outra marca excelente, colorida, que capricha nos looks – atenção aos sapatos, bijus, cintos (México); Lina Cantillo (Colombia); Camilo Alvarez (Colombia); Andrea Llosa (Peru); Nicole Jimenez (República Dominicana); Carlos Campos (Guatemala); Martin Churba (Argentina) e Maria Cornejo (Chile) – estes dois ainda não haviam confirmado a participação.

Estilo de Julia e Renata, ainda no evento de Madri

Estilistas nacionais também vão ocupar as passarelas nos 25 desfiles previstos para os três dias, com o mineiro Ronaldo Fraga como convidado especial.
Vamos ver o que a Colombia preparou para nos surpreender e demonstrar que está no páreo para ser o maior evento da América Latina.