Monday, May 25, 2009




Rochas de novo na moda

Depois de Olivier Theyskens e de um intervalo na parte vestível da marca famosa pelos grandes perfumes, a Rochas ataca novamente nas passarelas parisienses. Marco Zanini é o novo diretor de criação, que preferiu mostar a primeira coleção em uma galeria de arte. Ele considera Rochas a cara da parisiense, uma roupa com feminilidade, usada pela mulher que atrai os homens. “Simples e lógico, um estilo real para uma mulher real”, define Zanini.
Os tecidos são luxuosos, como a seda, georgete, cashmere, lã e tweed. As cores vão do branco e marfim aos toques de rosa-pó, bege claro, cinza-pérola, verde-floresta, azul e vermelho rubi.
A construção parte do vestido-tubo, ícone de guarda-roupas femininos. De dia, com casaco de cashmere dupla-face; à noite, em camadas com vestidos bordados com contas-caviar ou tule branco, formando o vestido raio-X. looks masculinos se alternam com esta feminilidade toda, combinando ternos em tweed macio e smokings em gorgorão.
Zanini aposta na mulher moderna e urbana, aquela que sai para trabalhar de terno e escarpin, vestindo por baixo uma lingerie de seda e rendas. E muito perfume Femme, de Rochas.






Para a marca, pode ser um caminho mais comercial do que os lindos longos do Theyskens, muito próximos dos tapetes vermelhos da vida. Por enquanto, também é coerente que o desfile seja pequeno, quase privê. Os tempos estão mais para lookbooks e cabides em galeria de arte do que para salões e tops,