Wednesday, March 18, 2009

Clodovil, estilista


Clodovil Hernandes é muito mais conhecido como um apresentador polêmico de programas de TV e político do que como bom estilista que foi. Tive a sorte de fazer algumas matérias com ele, na época em que tinha ateliê e loja em São Paulo. Era inteligente, culto e exigente.

Clodovil não era do tipo que corria atrás da imprensa. Muito pelo contrário. Nos anos 80, quando soube que ele lançaria uma coleção de inverno em São Paulo, mesmo sem ter recebido convite, pedi ao editor para cobrir. Seguimos direto para o aeroporto, eu e Evandro Teixeira, e de Congonhas, direto para o ateliê nos Jardins, onde chegamos ao anoitecer. Lá do fundo da casa, Clodovil nos avistou na porta, sem convite, e veio, sem a menor demonstração de alegria, perguntar “o que você está fazendo aqui?”. Respondi que tinha vindo do Rio especialmente para ver o desfile, se podíamos entrar. Temperamental, Clô virou as costas, dizendo “faça como quiser”, entrou no jardim e nem indicou um lugarzinho para sentar. Assisti em pé, depois de um atraso de mais de uma hora, a uma das mais bonitas coleções que já vi.
Anos (ou décadas) depois, nos encontramos em uma das edições da São Paulo Fashion Week. Visivelmente receoso de não ser reconhecido pela nova platéia dos desfiles, pediu para ficar do meu lado. De mãos dadas.