Saturday, August 30, 2008




Hoje tem lista de cursos, palestras e seminários próximos da moda:

Olha o inverno aí, gente!
Atenção: no dia 2, terça-feira, vai ser dada a partida da moda de inverno de 2009. Durante o dia todo, eu e a equipe de moda do Senac Rio vamos falar e mostrar detalhes e tendências para o ano que vem, no hotel Sofitel Rio (Copacabana, posto 6, antigo hotel Rio Palace). Por menos de R$ 400 vocês saem cheios de informação, a bolsa da Andarella com o livro de tendências, que ficou lindão.
Começa às 9, antes tem o café de boas-vindas (quando eu gosto de circular e saber das novidades da platéia), e vai até as 18h30 ou até terminarem as perguntas.
Inverno é estação difícil para a moda, toda informação é preciosa.

Fotografia
De 1º de setembro a 20 de outubro, às segundas-feiras, das 20 às 22h
Desenvolvimento de Projeto Fotográfico, por Melissa Szymanski. Melissa é fotógrafa de moda, formada pela Faculdade Santa Marcelina. Residiu em Milão onde trabalhou na revista Moda Pelle. Desenvolve hoje seu trabalho nas agências de modelos Ford e Way Models.
O curso pretende direcionar a proposta fotográfica de cada aluno: a metodologia aplicada, o processo de criação, as referências até a apresentação do portfólio.
Info: www.escolasaopaulo.org

2 de Setembro a 18 de Novembro
às terças-feiras, das 19h às 21h30
Design Subversivo: Uma relação entre Design e Artes, com Marieta Ferber
Conversas e exercícios sobre a relação entre o design e as artes plásticas apontam para as interseções existentes diversas disciplinas: mobiliário, objetos, cenários e design gráfico, através dos movimentos artísticos como vanguarda Russa, o Dadaísmo e o Surrealismo.
Marieta Ferber é designer e diretora de arte. Trabalha com design de produtos e espaços; design gráfico para mídia impressa e digital, direção de arte e cenografia para Cinema e TV. Desenha móveis e peças exclusivas para as lojas Micasa, Dpot, Benedixt, Casa21, Tok Stok, Teto, Marcenaria Trancoso.
Info: www.escolasaopaulo.org
Tel: (11) 3081.0364

História da Moda
Até a 18 de novembro
19h às 22h | 3ª feira
Panorama do funcionamento do sistema da moda do ponto de vista histórico e sociológico. Século XIX, contemporaneidade, moda brasileira, com Maria Claudia Bonadio, doutora em História pela Unicamp. Autora de "Moda e Sociabilidade: mulheres e consumo na São Paulo dos anos 1920" e curadora da exposição "O Brasil na ponta do lápis: Alceu Penna, modas e figurinos".
Convidados Palestrantes: Oskar Metsavaht (4 de novembro) e Ana Paula Simioni (9 de setembro).

Palavras da Moda
A FASM, Faculdade Santa Marcelina, realizará entre os dias 02 e 05 de setembro o II Encontro das Palavras da Moda. As palestras, abertas ao público, contarão as experiências de profissionais e de autores na área de moda, além de trazer para debate temas que estão em alta no mercado.

O Encontro contará com palestras de: Daniella Romanato, Mariana Magtaz, Eleni Kronka, Astrid Façanha (estas duas, editoras e repórteres de primeira!) e Cyro Del Nero.

As palestras terão entrada gratuita, no teatro da Faculdade Santa Marcelina, Sala Laura Abrahão (rua Dr. Emílio Ribas, 89, no bairro de Perdizes)
Telefone: (11) 3824-5800
Data: 02 à 05 de setembro
E-mail: informacoes@fasm.edu.br

Falando em curso, lembramos de escola. Escola de crianças, a antigamente conhecida como risonha e franca. Na feira Escolar 2008, que abre na terça-feira, dia 2 de setembro, a Hot Wheels (marca dos carrinhos de brinquedo, colecionados pelos meninos), serão lançados produtos irados pela Sestini. O mais bacana é o kit de mochilete ou mochila com um super-lançador de carrinhos e um porta-carrinho nas alças. Os meninos poderão acoplar as pistas e brincar à vontade. De preferência fora do horário das aulas...
Para os grandões, sai a linha Hot Wheels California, com mochilas de logo em silk puff, alças espumadas anatômicas e saída para CD e MP3.
E tem mais produtinhos de outros fabricantes Hot Wheels: lápis, apontadores, colas líquidas, em bastão, borrachas que brilham no escuro!
Vejam outras novidades da Hot Wheels que estarão na feira Escolar nos sites:
www.sestini.com.br (11)3123-1600
www.tilibra.com.br (14) 3235-4003
www.bic.com.br 0800-7044533
www.mercur.com.br (51) 3719-9500
www.aladdin.com.br (21) 3278-9724
www.polibras.com.br 0800-7711331


Talk shows da Couromoda
Cases de sucesso de lojistas farão parte do programa Couromoda visita o Brasil, em Vitória no dia 2 de setembro e no Rio de Janeiro, em 4 de setembro. Também serão apresentadas as novidades da 36ª edição da Couromoda, que se realizará de 12 a 15 de janeiro de 2009.
Esta é a agenda:
Vitória: 2 de setembro
19 às 21 horas
Hotel Bristol Century Plaza (AV. Dante Micheline, 435 – Praia de Camburi)
Lojista Convidado: Carlos Ajita, proprietário das Casas Ajita, rede com 18 lojas no Paraná

Rio de Janeiro : 4 de setembro
19 às 21 horas
Everest Hotel (Rua Prudente de Moraes, 117 – Ipanema – RJ)
Lojista Convidado: Marconi Leonel Matias, presidente da Ablac – Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados e diretor da Itapuã Calçados, com 88 lojas no ES, MG e RJ.

Sunday, August 24, 2008



Uma boa imagem para domingo: ficar a manhã inteira conferindo agenda (ver se tem alguma festa marcada, não é para trabalhar), lendo jornal, vendo TV. Ê vidão!


Falando em jornal, está muito boa a revista Domingo de hoje. Também gostei da revista da TV do Globo, com matéria sobre as meninas do Saia Justa. Mas no domingo passado, fiquei bem decepcionada com a tão anunciada celebração de aniversário da Casa e Vídeo. Anunciaram que vinham com tudo, que o jornal O Globo nem caberia embaixo das portas dos assinantes. Para começar, coube - vai ver, minha porta tem uma abertura grande, depois que tiramos a forração, ok. Só que os cadernos exclusivos, grande diversão dos fins-de-semana, foram substituídos por publicidade dentro do corpo do próprio jornal. Ah, perdeu muito: é muito melhor escolher o pen-drive da semana num papel couchê, uma tinta que não suja as mãos nem provoca ataque de espirros. Ninguém bota um jornal debaixo do braço e vai para a loja, pedir o telefone sem-fio que viu na meia-página da editoria de Economia.Quero uma comemoração de acordo com a tradição da Casa & Vídeo.

Clica lá: no . É interativo, cheio de sugestões de filmes, restaurantes, lugares onde ir. Sem preconceitos, lamúrias ou frustrações, reflete uma atitude bastante freqüente nesta sociedade moderna, em que se trabalha tanto, que às vezes nem sobra tempo para pensar em ter crianças em casa. Ou é uma mera decisão de casal, por que não?

Tuesday, August 19, 2008



Esta é uma nova forma de comunicação da Louis Vuitton. Parece que falo demais desta marca? Impossível ignorar as ações de marketing da LV: é irresistível esta montagem de moda fotografada no Aux deux magots, um dos restaurantes mais famosos de Paris. A cada dia desta semana, vem um lote destes, feito em um point parisiense.

Fico pensando, sem ser cópia: por que não se faz algo assim por aqui? Poucas cidades no mundo são tão turísticas quanto Paris e o Rio. Hoje, por sinal, fui ao café-da-manhã do site www.casalsemfilhos.com, no Salitre, restaurante no Leblon que bem podia ser locação de uma campanha semelhante.
Vejam o site, é cheio de idéias, alto-astral e interativo. E admirem a história da Louis Vuitton de hoje. Provavelmente, amanhã temos a quarta-feira, o mercredi em outro local parisiense.

Sunday, August 17, 2008

Iódice no mar


Viviane Orth se joga nas ondas de Camburizinho, praia de São Paulo, para estrelar a linha Fashion da Iódice. Justificativa para molhar um vestidão destes: a inspiração na Atlântida (o continente desconhecido, no fundo do mar) para o verão. A foto é de Jaques Dequeker, beleza por Daniel Hernandez e styling do Giovanni Frasson.
Valdemar Iódice deve desfilar pela primeira vez no Rio, no evento Rio Summer, organizado por Nizan Guanaes, em novembro.

A Iódice é marca da geração da Fórum, Ellus e Zoomp. Representa o quarteto âncora da São Paulo Fashion Week. Nos primeiros eventos, era uma marca dedicada ao jeans, antes do desfile reunia celebridades e artistas em coquetel (sabem, aquele burburinho, todo mundo em pé, às vezes até sem bebida rolando. É clima de coquetel, sem coquetel). Note-se que naquela época ninguém recebia cachê para ser platéia.

Nas temporadas mais recentes o rumo mudou. As roupas passaram a ser mais conceituais. Qual é a diferença, entre a roupa normal e a conceitual? Esta, em geral, é feita muito mais curta, muito mais decotada, tem efeito para a passarela e nos corpos esguios das modelos. Pois Valdemar partiu para muito luxo, muita perna de fora, com o jeans quase de coadjuvante.

Pode parecer descaracterização de marca. Mas ao mesmo tempo, é preciso evoluir, para não envelhecer a grife. O importante nestas viradas é avisar à clientela, através de boas campanhas publicitárias e de circular nos lugares certos, na hora certa, explicando a história sempre que perguntado.
Entre o didatismo do look book e o conceito dos catálogos, há muito o que conquistar a consumidora. Se ela entender o refrescante mergulho da Viviane no mar como um sonho de verão, está dado o recado.

E mais:
Que pena, o Diego Hypolito ter caído. Deu mesmo vontade de chorar, com a decepção dele
Como a Daiane emagreceu, perdeu as pernocas. Bem que os comitês olímpicos podiam aumentar o tablado da ginástica. A pessoa sai desembestada, com toda força, e bota um dedinho de fora da linha, tchau
Difícil criar uniformes atléticos, não acham? A maioria é muito feia. Os melhores são os novos maiôs da Speedo. Representam uma etapa nova na moda praia.
Linda, a vitrine com foto aquática da Mara Mac. A partida para o verão é o vermelho-magenta

Feliz aniversário, Madonna!




Ela é a melhor prova de que é possível ter 50 anos e estar em formíssima. Canta, dança, sapateia, assobia. Agora se prepara para entrar em turnê, façanha das mais cansativas. Primeiro, porque a criatura fica sem casa durante meses. Segundo, porque exige controle sobre-humano de voz e físico.
Mas a loura consegue. Ela também é musa de moda, graças à esperta estratégia de convocar estilistas para roupas marcantes. Jean-Paul Gaultier já era famoso, mas só em Paris. Para o mundo, ele apareceu quando criou os espartilhos com sutiãs bicudos. Vestida de gueixa, de dominatrix de cow-girl, ela cuida do visual com a supervisão de Arianne Phillips, há 11 anos.
Segundo Arianne, esta maratona Sticky and sweet foi um desafio à parte. O fato de começar em agosto é sinistro, porque italianos e franceses, fornecedores habituais de figurinos do show, estão em férias de verão, segundo reportagem no WWD.
No dia 23, sábado, quando estrear o show, em Cardiff (país de Gales), tudo estará resolvido. Ricardo Tisci, designer da Givenchy, assina dois trajes; Tom Ford veste a banda. Três pares de sapatos foram feitos sob medida pela Miu-Miu, uma bota de cano mosqueteiro, da Stella McCartney; óculos escuros Moschino, e alguns acessórios e detalhes de Yves Saint-Laurent, Roberto Cavalli e Jeremy Scott



Os estilos
São quatro temas, no espetáculo:
1. Roupas da Givenchy, com referências gangster e Art Deco, com manifestação da dominatrix, um dos looks favoritos da musa

2. O estilo do princípio de carreira, o Old School, com roupas de Jeremy Scott e estampas de Keith Haring, artista plástico que desenhava centenas de bonequinhos como graffiti

3. Um momento cigano, com mais roupas Givenchy

4. Por fim, uma rave futurista com influências de Japão moderno

Friday, August 15, 2008

Sábado de cozido em Salvador
Ôba, amanhã, dia 16, o Holiday Inn Salvador promove um cozido daqueles, organizado pelo gerente geral Airton Dornelas, que trocou o Holiday Inn do Parque Anhembi (aquele maravilhoso, que fica ao lado do pavilhão de feiras) pelo outro maravilhoso, de Salvador, em frente à praia. O cozido do chef Audilá Sampaio será estilo feijoada carioca, com direito a camisetas para os convidados, uma costureira de plantão que pode customizar à vontade das mais exigentes e o melhor: uma mesa de sobremesas com destaque para as compotas de frutas.
Vou dar uma olhada nas tarifas da Gol hoje de madrugada. Quem sabe, não pego uma de R$ 50 para Salvador? (ida e volta, claro. E já que vou me esbaldar no cozido, posso voar na base de barrinha de cereais... )
Sábado de cozido em Salvador
Ôba, amanhã, dia 16, o Holiday Inn Salvador promove um cozido daqueles, organizado pelo gerente geral Airton Dornelas, que trocou o Holiday Inn do Parque Anhembi (aquele maravilhoso, que fica ao lado do pavilhão de feiras) pelo outro maravilhoso, de Salvador, em frente à praia. O cozido do chef Audilá Sampaio será estilo feijoada carioca, com direito a camisetas para os convidados, uma costureira de plantão que pode customizar à vontade das mais exigentes e o melhor: uma mesa de sobremesas com destaque para as compotas de frutas.
Vou dar uma olhada nas tarifas da Gol hoje de madrugada. Quem sabe, não pego uma de R$ 50 para Salvador? (ida e volta, claro. E já que vou me esbaldar no cozido, posso voar na base de barrinha de cereais... )

Saturday, August 09, 2008


Tailândia no Rio

Rápido, façam as reservas para o Festival Tailandês no restaurante Agraz, no hotel Caesar Park Ipanema. Será de 28 a 30 de agosto, tempo suficiente para os requintados jantares à la carte assinados por duas chefs tailandesas, Samnieng Gongjok e Koon Kunta, que atuam na residência da embaixadora Siree Bunnag, em Brasília.


Restaurante Agraz
Caesar Park Ipanema
Av. Vieira Souto, 460, RJ
Tel.: (21) 2525 2525





Entre as sugestões, muitos pratos à base de frutos do mar,
que imperam na perfumada, colorida e exótica culinária Thai.

Levis em L.A.

Sabem o trânsito de Los Angeles? Aquele nó de viadutos, 3oo saídas (que quando se perde, nunca mais encontra aquela exata, que nos levaria onde queríamos), cheio de placas indicando rotas? Pois os carros pararam para admirar os outdoors da calça Levis 501, espalhados em quatro pontos da cidade. São cartazes tridimensionais, de 14,6m por 4,2 m, que celebram a campanha Live Unbuttoned, com os detalhes da autêntica calça 501, a maravilhosa. Só o botão tem quase um metro de circunferência, e os rebites, meio metro cada um.


Mas a grande novidade, principalmente para nós, adeptas da 501 de botão (ué, há quem não goste, prefira o fecho), é o seguinte: vamos ter modelagem feminina, a partir de setembro!
Só um comentário: e precisa?

Wednesday, August 06, 2008

Coletiva que deu aula



Nizan Guanaes ao lado do quadro-negro do Jobi




O melhor desta profissão de jornalista é que se aprende todos os dias. Aprende a escrever, que a língua muda, as gírias renovam e o espaço diminui. Aprende a falar, porque se é convocada para palestras e aulas. Aprende a calar e a ouvir, todos os dias.
Hoje fui a uma aula brilhante: o tema, muito atual, foi o espírito empreendedor. Como professor, mestre Nizan Guanaes, baiano, publicitário radicado em São Paulo. Sala de aula, o bar Jobi, point boêmio do Leblon, no Rio.

O pretexto foi a entrevista coletiva para lançar o Rio Summer, evento anunciado e reanunciado aos quatro ventos, para o período de 5 a 8 de novembro. Encantado com a própria idéia, Nizan me contou em uma mesinha, antes da chegada de mais gente – eu e esta mania de chegar cedo -, que vai ter uma passarela de jaboticabeiras no Forte de Copoacabana, que quer fazer um mix com o espírito do Rio, o DNA carioca. Porque o que sai daqui, influencia o Brasil. “Qualquer pesquisa de marketing revela isto, todo mundo sabe.” Sim, mas o cara vive em São Paulo, e a rivalidade entre as duas cidades é legendária e histórica. Nem é com ele, que diz que é baiano, não entende de moda, mas ouve há muito tempo os amigos perguntando por que não fazia um evento tipo lifestyle no Rio.



Robert falando (em inglês), Nizan e David Azulay, da Blue Man, ao lado


Como não entende de moda (sei, Nizan. Aquela camisa fora do cós da calca é puro charme, para quebrar a elegância do blazer e camisa Daslu), convocou o inglês Robert Forrest, que chegou atrasado porque estava flanando pela Dias Ferreira, almoçando no Celeiro, é mais carioca do que eu (que sou gaúcha). Chamou a mulher, Donata Meirelles, Lenny Niemeyer, o Carlos Pazzetto para cuidar das produções (foi quem pediu as jaboticabeiras), o Cacá de Souza, o cara mais bonito das semanas de moda de Paris, que trabalhou como diretor de comunicaçnao do Valentino. E um monte de gente que entende de moda, para agir no lado prático. Porque o conceito, deixa com ele.



Lenny Niemeyer e o diretor de projetos especiais do MAM-Rio, Heitor Reis. Em primeiro plano, Marcelo Borges. Para variar, escrevendo, à esquerda, eu


A Riomania do Nizan é tão marcante, que ele vai produzir uma corrida de um milhão de dólares no Autódromo de Jacarepaguá, no dia 31 de agosto, com patrocínio da Sky. “Esta é a praia do Brasil. O Rio é cidade de eventos, com estas coleções de novembro podemos ser realmente um player internacional na moda. “.Além das marcas famosas (algumas, nem tanto, mas já exportam muito, como a Trya), haverá espaço para os Rising Sun, isto é, os novos talentos, a pedido da Hildegarde Angel, que integrou o instituto Zuzu Angel na parada.

Quem vai desfilar nas duas salas de 300 e 400 lugares (mínimas, pelos padrões oficiais das semanas de moda): Lenny, Totem, Blue Man, Carlos Miele, Iódice, Trya, Jo de Mer, Salinas, Osklen, Raia de Goeye, Rosa Chá, Patricia Viera, Isabela Capeto, Daslu, Cia Maritima, Cris Barros e Adriana Degrea. Quem vai cantar em show na piscina do hotel Fasano: Caetano Veloso.
Quem vem: 100 compradores internacionais. Provavelmente, a Harrods e a Brown’s, de Londres, assíduos no Rio e amigos do Forrest. Gente de Miami e da Riviera italiana, para vitrines de abril e maio. “Isto de quem vem, é como no Carnaval: só se sabe na hora”, confessou Nizan. Lojistas nacionais serão convidados, mas não subsidiados. Isto é, sem passagem nem hotel. O foco é internacional. Sem mais justificativas.
Na platéia: só profissionais e formadores de opinião. “Nada de BBBs, é um evento sério. Os estilistas se matam fazendo maravilhas, e mostram para gente que não tem nada a ver.”. Para este público, haverá telas nos postos de salvamento. E resolvido, sem demagogias.

A esta altura, o Jobi era um tumulto de chopes esquentando nas mesas, bolinhos de bacalhau desaparecendo dos pratinhos, gente do lado de fora, pendurada na varanda. “Adoro este caos jobiano, a ordem no projeto da cidade. Este lugar já é um statement do Rio”. O Rio Summer começa com o patrocínio da Citroën, que tem fábrica no estado. O filme de apresentação começou com o governador Sergio Cabral dando apoio. Mas tudo começou de verdade com a euforia e a visão do Nizan Guanaes, o baiano libanês paulistano e parisiense que viu no Rio uma oportunidade de negócios globalizada.

Foi uma aula, de quem vislumbra perspectivas profissionais até num copinho de chope na madrugada de um bar. Bar este, que nem imaginávamos que fosse um statement, que tivesse um DNA e que justamente de um empolgado paulista vestido de Daslu fossemos ouvir a frase “o carnaval de São Paulo é local, o do Rio é internacional”.
Ui, dá até medo. Vai que todo mundo descobre a gente aqui?

fotos Ines Rozario
Relatividade

Enquanto esperava alguém no terminal Menezes Cortes, um prédio que conjuga estacionamento e shopping no centro do Rio, claro que olhei vitrines. Tem quiosque de gravatas, de água purificada, de bolsas e mochilas para laptop, lojas de biscoitos, pilhas para relógios, canetas, bolinho de bacalhau. E bijuterias, muitas. Por uma fixação pessoal, parei para admirar os pingentes de corações, na Bijounath (bem, a fixação é no coração de brilhantes da Tiffany's. Mas quem não tem Tiffany's, se contenta com bijuteria de estacionamento). Do meu lado, duas mulheres, se dizendo apressadas para pegar o ônibus (lá tem ponto de frescões diversos), mas que não resistiram e também pararam. Sério, algumas peças pareciam jóias, cheias de pedrinhas e cristais. O preço de um brinco era R$ 29,90. Não era R$ 290, era 29. Uma das colegas de vitrine comentou. “Hum, é bonito. Mas este preço...deve ter banho de prata, não é?”

Fiquei hipnotizada pelo comentário. Primeiro, porque era um baita brinco, e R$ 29,90 achei até barato. Depois, por quanto ela esperava comprar o dito? R$ 5? E se tivesse prata, custaria só R$ 29,90? Gente, o pessoal está perdendo a noção dos preços ou sabem de algum point super-extra-barato, que ainda não conheço?

Sunday, August 03, 2008




Praia de Paris

Além de criar o Velib, projeto que aluga bicicletas prateadas para quem gosta de dispensar o metrô e o carro para circular, o prefeito parisiense Delanöe inventou a Paris Plage, a praia de Paris, à beira do Sena.
Confesso que para nós que moramos no Rio, cidade com praia urbana ali, logo ali, e que nem freqüentamos muito (eu, pelo menos, tenho uma preguiiiça), é engraçado ver a turma de biquíni e calção (não há muitos caras de sunga) se espalhando sobre a areia importada sei lá de onde, jogada às margens do Sena. Como se fosse um calçadão dominical carioca, onde os carros são proibidos, esta pista do rio francês é interditada, para a Paris Plage.
Tem uma piscina, cheia de atividades – hidroginástica, aulas de natação -, e muitos cuca-frescas pelo caminho. Ninguém mergulha no rio, que tem correnteza forte.




O sorvete de uma das barraquinhas azuis e brancas, que reeditam o encanto antigo das casinhas da costa, da Riviera, é uma delícia. Acontece do sabor de banana ser vendido como de maracujá – a fotógrafa Marina Sprogis foi a única a detectar a troca. Quando falou para o vendedor, ele provou, e riu, comentando que havia vendido o sorvete como sendo de maracujá a manhã inteira, e ninguém notou a diferença!
Banal para os cariocas, mas muito bom para quem não tirou férias e está louco por um solzinho na hora do almoço. A Paris Plage há uma semana atrás estava ensolarada, lotada e a temperatura bem que admitia um casaquinho. Ideal, a meu ver, sem o calorão típico, e a areia quente. E vamos combinar: quando encheu de ficar brincando de praia, sai de lá e está onde? Onde? Em Paris, chéris!

Dia dos Pais

Não é uma data tão badalada quanto a das mães ou o Natal, mas há ofertas e promoções. Vamos mostrar algumas:

1. Hotel Lago Azul
Pacote com café da manhã completo (o que é um café incompleto?), muita farra na área de lazer que tem piscina, quadra poliesportiva, academia, lago para pesca, muito verde. E mais dois ingressos para o parque Hopi Hari, que fica a 10 minutos do hotel.
Preços: duas noites, de meio-dia de sexta a 17h de domingo.
Casal + uma criança, em suíte standard, R$ 330
Hotel Lago Azul: Rodovia Anhanguera, km 72 - Louveira - Bairro Santo Antônio ((19) 3848-1001 (São Paulo)
www.redelagoazul.com.br

2. Ofertas do Carrefour
Festival de Tecnologia, no departamento de Eletro. São produtos de Informática, Celular, Foto, TV e Som, com parcelamento em até 12 vezes sem juros no Cartão Carrefour.
Entre as ofertas: Notebook Positivo MOBO VIA1GHZ/512/2GB/XPH, por R$ 999 (já usei, é bem legal); a Multifuncional Lexmark X2530, por R$ 249, TV de Plasma da LG 32”, por R$ 1.699
Entre as ofertas de moda: pólo da Hang Ten, por R$ 24,90, calça de sarja, por R$ 39,90, calça jeans, por R$ 19,90, e sapatênis, por R$ 39,90.
As sugestões sociais: kit camisa e gravata, por R$ 29,90, a calça, por R$ 19,90, sapato, por R$ 59,90, e a camisa manga longa, por R$ 29,90.
No Bazar: furadeira Black & Decker (R$ 74,99) ou jogo de brocas Black & Decker com 9 peças (R$ 24,99) os dois itens saem por R$ 89,99. Outros produtos com descontos são, a poltrona reclinável do papai, por R$ 219,99, DVD’s a partir de R$ 9,90, bicicleta Defense aro 26 dupla suspensão, por R$ 289,90, e o pneu Pirelli, por R$ 139,90.

3. Da Umbro
Para pais que adoram futebol, muitas sugestões para vestir e calçar:
Pode ser uma camiseta de visual retrô, como a Team Spirit Sash ou a discreta Sala 5 Graphic (cada uma, a R$ 79,90). Ou um agasalho Team Training, em tecido com punhos de malha (R$ 175,90), uma calça Diamond Pro (R$ 89,90) ou uma bermuda Diamon Pro (R$ 60,90).
Elegante e prática, em tecidos especiais que absorvem o suor, a pólo Diamond Pro (R$ 69,90).

Sem falar nas camisas oficiais dos times (R$ 159,90 cada) ou nas chuteiras (desde R$ 99,90, preço do modelo Aston Futsal)
SAC Umbro: 0800-774-9191

4. Serviço de vodca
Assinado pelo designer Rubens Simões, o serviço de vodca com balde de vidro, com acabamento em aço inox e seis copos especiais para a bebida, na marca Riva (por R$ 254 em inox; R$ 284, em prata)
www.riva.com.br
SAC da Riva (54) 3227-1200

5. Bebida saudável
Açaí, acerola, cupuaçu, blueberry, cranberry e romã são algumas das 19 frutas que estão na fórmula da MonaVie Original, bebida para pais que curtem alimentos saudáveis. Contém vitamina C, e nem um pouquinho de açúcar ou adoçantes. Vem em garrafa de vidro escuro de 750 ml, que protege a bebida do excesso de luz e ajuda a preservar as propriedades naturais de cada fruta presente na fórmula.
Preço: R$ 95
SAC do MonaVie: 0800-891-5441

6. Óculos de sol
A grife italiana Detroit, representada no Brasil pela Montmartre, sugere os solares da nova coleção masculina.
O modelo escuro PEOPLE176 em formato grande é o mais ousado de toda a linha masculina. Tem formas angulares e reflete escuridão total nas lentes.
Já o clássico KIMI327 tem armação básica, com detalhes que enriquecem. A armação preta com lentes escuras traz traços brancos e curtos na parte inferior da haste.
http://www.montmartre.com.br
SAC da Montmartre: 0800 12 6480

Tênis americanos
A Athletic Sports indica o grafismop contemporâneo do ATH R, com texturasz em tressie, verniz e fibra de carbono (R$ 109,90). Ou o Orbital, com desenhos em forma de órbitas, como os anéis de Saturno e solado tipo penu sem câmara, imune a furos (R$ 109).
www.athleticsports.com.br
SAC da Athletics Sports: 0800 10 98 67