Wednesday, April 02, 2008

O próximo verão da moda


Muita gente me pergunta como será o seminário do verão 2008/2009 do Senac Rio. Não vou antecipar o conteúdo, senão perde a graça, mas adianto algumas coisinhas importantes.
Por exemplo, esta imagem é a capa do caderno, luxuosamente editado pela editora Senac Rio, tendo à frente a Andréa d’ Egmont e no campo, ali, diariamente enviando os e-mails e comentários, a incansável Karine Fajardo. Enquanto isso, a equipe da Ana Cláudia Lavaquial organizava os encontros com os estilistas e responsáveis por grandes marcas, nossos avalistas das tendências.
Sim, porque nestes anos, nestes 14 cadernos, sempre nos preocupamos em mostrar a representantes do mundo da moda nossas previsões, para que eles nos ajudem a tirar conclusões próximas de acertos.
Voltemos ao evento, que será na quarta-feira, dia nove de abril. O dia inteiro, das 8h30 até acharmos que estamos suficientemente informadas. Será o Moda + Visão do Verão 2009, no hotel Sofitel (Avenida Atlântica, 4.240, em Copacabana / Rio de Janeiro).
Custa R$ 447 à vista ou em três parcelas iguais, em cheque, cartões Visa e Mastercard.

Vejam a programação:
8h30: café de boas-vindas, entrega do material. Bolsa lindona, enorme, tipo maxibag, com o caderno e outros ítens
8h45: a Ana Lavaquial, gerente do Senac Rio, abre os trabalhos
9h: A antropóloga Mirian Goldenberg fala sobre o comportamento do consumidor. Cheguem cedo, para não perder
9h30: lá vou eu, falar sobre as tendências internacionais, de onde saíram algumas conclusões. Algumas, porque de verão nós entendemos mais do que muito famoso do hemisfério norte
10h30: nem pensar em sair da sala para fumar. É a vez do Guilherme Gaspar, o cara que sabe tudo de jeans
11h15: Carol Fernandes, craque que desenhou os modelos do caderno e faz parte do estilo da Nu. Luxe, fala sobre lingerie
11h45: queridinha Luiza Bonadiman revela inovações na moda praia e ativa
12h15: intervalo de almoço. Pode ser no Atlantis, restaurante no próprio hotel, no Lopes, dos pastéis (adoro), no Caesar, ali numa das transversais. Nada muito longe, para não perder as histórias da tarde. E nem comer demais, porque, além de engordar, dá um soooono
13h15: Marcio Duek, com a experiência familiar da Boreli e a própria, na Limits, traduz as tendências para a ala masculina. Ele está recém-chegado do Havaí, aloha.
14h: importante, o painel de movimento do mercado de moda. Simone Terra, consultora de varejo conversa com Gabriel Felzenszwald, do grupo In Brands e Frederico Luz, do grupo Richards, sobre as fusões e compras de marcas
15h: Mãe Denise Bergier e filha Camila Niskier comentam a moda infantil, com conhecimento de causa, porque são da rede Mercado Infantil
15h30: Outra dupla, a Valéria Lima e o Marcos Lima (são os irmãos e sócios na New Order) conta tudo sobre acessórios, setor bolsas e sapatos
16h: outro intervalinho, para saborear os pãezinhos e café no coffee break. E conversar com os companheiros de jornada, há bons contatos a serem feitos
16h30: Daniela Fiszpan, da marca com seu sobrenome, detalha as novidades na bijuteria, setor importantíssimo no nosso estado. Quem não gosta de um brinco novo?
17h: o encerramento com o feminino, para dar tempo de fazer perguntas ao Mílton dos Santos. Ele não é estilista internacional, nem super-dono de hyper-marca. Mas sabe muito de moda, porque é agente da Federação Francesa do Prêt-à-porter. Milton vem de Paris, para contar as linhas gerais do verão 2009 e explicar como a Europa vê e o que espera da moda brasileira. Façam perguntas, que ele sabe muito, e valoriza demais nossa moda no mundo.

Enfim, hora de ir para casa e pensar na coleção. Esta imagem é a capa do caderno, que tem o design assinado pela Marcia Cabral, e se refere ao tema Ruadiversa, um dos meus favoritos. Porque a rua é diversificada, tem desde o estilo elaboradamente largado, até o corretamente executivo. Mas também, se tiramos o i do diversa, ela reflete o que a rua tem de adversidades e desafios.

Repararam que a primeira década do século 21 já está indo?