Saturday, September 08, 2007

Agenda
Terça-feira, dia 11
9h00 até 19h: evento Moda + Inverno 2008, do Senac Rio. Nossas tendências de inverno, baseadas nas variações do clima brasileiro. Um dia inteira de moda e previsões, no hotel Sofitel Rio. Preço: R$ 399

18h: desfile da coleção de verão da grife O Bicho Comeu, com provável presença da estrelinha Sasha, filha da estrelíssima Xuxa. Mas quem manda na moda é a estrelona Solange Meneghel.
No Circo Voador (Rio de Janeiro)

Evento
53º SIMM - Semana Internacional da Moda de Madri

Como sempre, meus equipamentos e meu talento para descobrir métodos de impedir postagens atrasaram a cobertura do evento espanhol. De volta ao normal, de volta para casa, avalio melhor o SIMM. O salão está se transformando em uma grande feira vendedora, todo dividido em setores de acordo com as tendências ou de acordo com o uso. A única ala que demora a se integrar no gosto global é a Gala, porque lá a maioria ainda prioriza babados e rendas de dançarina flamenga. Principalmente nos vestidos de noiva. Bom, nunca se sabe, de repente vira moda.
Os desfiles, que na edição de dois anos atrás, eram do evento Pasarela Cibeles, com o melhor da moda espanhola, viraram Latin Fashion Show, e deram muito certo. Imaginem algo como se o Rio Moda Hype fosse destacado do Fashion Rio e continuasse ótimo. As brasileiras Simone Nunes e Gloria Coelho desfilaram, além do argentino Pablo Ramirez, de colombianas e mexicanos. Nos estandes, muitas marcas francesas, espanholas e italianas - foi difícil sair da frente do grupo italiano que inclui a Maria diRipabianca, lindo, todo em malhas em listras preto e branco e alguns cinzas. Bom, isto não é novidade, que o ano que vem seja preto, branco, cinza, amarelado e naturais. Os algodões e linhos orgânicos ganharam mais espaço.
Valeu muito ter visto a participação brasileira: só o Sebrae Rio, sob a direção do Cesar Vasquez, levou 40 marcas para Madri. Um dos espaços era do Ipanema Top, o 550 da Visconde de Pirajá, onde despontavam os jeans favoritos da Hebe Camargo, com a marca Week; os pingentes e colares feitos com madeiras de demolição, da Metally, as bermudinhas de garotas surfistas, da Zack. As fotos entram mais tarde.
Madri tem tudo para ser um pólo lançador internacional. Pólo líder de varejo já é, graças ao sucesso do grupo Inditex, dono da Zara, da Bershka, Zara Home, etc. Os preços da cidade são menores do que Paris e Milão, sem falar de Londres.
E vale muito visitar o país, que tem um bom metrô, ótima comida, museus lindos - o Museu do Traje nos convence que a moda contemporânea começou pela Espanha.